segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Novo alento...

Street Art - Londres 2014

"Senhor, como estás longe e oculto e presente! Oiço apenas o ressoar do teu silêncio que avança para mim e a minha vida apenas toca a franja límpida da tua ausência. Fito em meu redor a solenidade das coisas como quem tenta decifrar uma escrita difícil. Mas és Tu quem me lês e me conheces. Faz que nada do meu ser se esconda. Chama à tua claridade a totalidade do meu ser para que o meu pensamento se torne transparente e possa escutar a palavra que desde sempre me dizes."
Sophia de Mello Breyner Andresen


"...Eu não sei por que feitiço
Temos sempre novo alento..."

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

DAS MUDANÇAS QUE FAZEM SENTIDO...



Tudo se conjugou para uma noite COM SENTIDO...
Arriscámos as mudanças para FAZER SENTIDO e assim aconteceu...



FEZ SENTIDO mudar a data de Julho para Outubro e iniciar o ano com alegria, Fé, descontracção e muita energia na pastoral juvenil diocesana...
FEZ SENTIDO mudar o nome e fazer nascer o #CHRISTUSOUNDFESTIVAL porque a mudança responde melhor a multiplicidade que apresentámos neste evento...
FEZ SENTIDO apresentar naquela noite a mudança de nome do SDPJVAveiro para o novo DPJAveiro, porque CONTIGO SOMOS DEPARTAMENTO de PASTORAL  JUVENIL de AVEIRO...
FEZ SENTIDO começar com uma eucaristia,ter as barraquinhas de jantar a ajudar os grupos a ir à JMJ, o concerto dos Graal e o Dj Peixinho...
FEZ SENTIDO ter comigo, a vibrar comigo, a abraçar-me e a acreditar comigo, os meus pais e alguns amigos...
FEZ(FAZ) SENTIDO ser equipa convosco, renovada, arejada, porque juntos é possível SONHAR e ACONTECER...








quarta-feira, 4 de novembro de 2015

(RE)começos... a cores e pelo mundo...

Qual é o seu sítio preferido do mundo?

      Continuo a procurar...
                           Gonçalo Cadilhe, 2011


Era inverno quando interrompi a escrita regular... E foi primavera... e foi verão e um novo inverno está quase aí depois de outro outono...
É o ciclo da vida com dias com tanto de preenchidos como de bons... com tanto a pedir mas tanto mais a agradecer...
E hoje (RE)começo a CORES e pelo MUNDO...
Estava nos planos há algum tempo e este ano as CINQUE TERRE transformaram-se em 11 locais visitados numa semana verdadeiramente retemperadora por la bella Italia...
La Sepzia, Portovenere, Levanto, Moterosso, Vernazza, Corniglia, Manarola, RioMagiore, Siena, Verona e Milão foi o roteiro feito com ligações de comboio a tornar-nos experts em bilhetes comprados em máquinas automáticas...

La Spezia é uma cidade acolhedora, aconchegante e muito colorida quando apanhamos uma colour run pelas ruas, ou uma feira de gastronomia numa das muitas praças...

La Spezia

La Spezia

La Spezia

As Cinque Terre,ou melhor 6,considerando que Levanto a mais a norte também faz parte do Parque Nacional de Cinque Terre são um mimo em crescendo... Começando de norte para sul, o dia avança e aumenta o encanto que o sol dá a cada uma das vilas... a cor do casario, a transparência das águas do mar, as vistas em cada recanto, as ruas, ruelas e becos, os sabores típicos... e o pôr do sol em RioMagiore!!!!! Que beleza de fim de dia...

Cinque Terre - Levanto

Cinque Terre - Monterosso

Cinque Terre - Vernazza

Cinque Terre - Corniglia

Cinque Terre - Manarola

Cinque Terre - RioMagiore

Cinque Terre - RioMagiore

Portovenere trouxe a calma de um Domingo italiano, com sabor a gelado à beira-mar... O sítio ideal para passear descontraidamente, esquecer o relógio e aproveitar o regresso de ferryboat até La Spezia...

Portovenere

Portovenere
Siena faz mudar completamente a paisagem afastar-nos do mar e mergulhar-nos na história... Gostei muito da Praça, de todo o complexo da Catedral, das ruas, de Santa Catarina de Sena e de uma lasanha deliciosa...

Siena

Siena

Siena

Siena
Romeu e Julieta torna Verona cidade famosa,mas para mim Verona vale bem a visita muito para além da história de amor... a catedral de Verona, a Basílica de Santa Anastácia, a Basílica de San Zeno e a Igreja de San Fermo Maggiore deixam-nos boquiabertos pela arquitectura, pinturas, frescos, túmulos, criptas, baptistérios... Tudo isto envolvido pelo Rio Fume e as suas inúmeras pontes...

Verona

Verona

Verona

Verona
Milão teve direito a visita curta de final de viagem e ainda por cima com chuva a animar a tarde... valerá uma nova visita...
Milão

Milão


segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

PORQUE A VIDA FAZ SENTIDO...

"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um “não”. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta."
Augusto Cury



Diria ainda, que nestes 41 anos fui fazendo este caminho de autoconhecimento, de descoberta de mim, Com tanto de bom e outro tanto de menos bom,.. com muitos momentos de alegria profunda e alguns momentos exigentes.., Com momentos turbulentos e outros de descoberta daquela Paz interior... Sempre com um espírito crítico muito acutilante para ajudar a fazer melhor os projectos em que me envolvo e a apreender a dizer não algumas vezes...

Porque esta VIDA faz SENTIDO com TODOS aqueles que lhe DÃO SENTIDO!..

Cabo Carvoeiro, Setembro 2014

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

NÃO SEI SE ANDEI DEPRESSA DEMAIS...

Em dias de constipações das fortes, tosses, febres, antibióticos, nebulizações e outras medicações... sinto que a vida tem pressa!

Berlengas, 2014
"Eu sei
Que a vida tem pressa
Que tudo aconteça
Sem que a gente peça
Eu sei

Eu sei
Que o tempo não pára
O tempo é coisa rara
E a gente só repara
Quando ele já passou

Não sei se andei depressa demais
Mas sei, que algum sorriso eu perdi
Vou pedir ao tempo que me dê mais tempo
Para olhar para ti
De agora em diante, não serei distante
Eu vou estar aqui



Cantei
Cantei a saudade
Da minha cidade
E até com vaidade
Cantei
Andei pelo mundo fora
E não via a hora
De voltar p'ra ti

Não sei se andei depressa demais
Mas sei, que algum sorriso eu perdi
Vou pedir ao tempo que me dê mais tempo
Para olhar para ti
De agora em diante, não serei distante
Eu vou estar aqui

Não sei se andei depressa demais
Mas sei, que algum sorriso eu perdi
Vou pedir ao tempo que me dê mais tempo
Para olhar para ti
De agora em diante, não serei distante
Eu vou estar aqui"

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

NA RODA DA VIDA... SER DE NOVO!

Mesmo na RODA da VIDA, contudo e apesar de tudo... a TENTAR SER de NOVO...

London Eye, Londres, Dezº 2014

"O que te peço, Senhor, é a graça de ser. 
Não te peço mapas, peço-te caminhos. 
O gosto dos caminhos recomeçados, com as suas surpresas, suas mudanças, sua beleza. 
Não te peço coisas para segurar, 
mas que as minhas mãos vazias se entusiasmem na construção da vida. 
Não te peço que pares o tempo na minha imagem predilecta, 
mas que ensines meus olhos a encarar cada tempo como uma nova oportunidade. 
Afasta de mim as palavras que servem apenas para evocar cansaços, desânimos, distâncias. 
Que eu não pense saber já tudo acerca de mim ou dos outros. 
Mesmo quando eu não posso ou quando eu não tenho, 
sei que posso ser, ser simplesmente. 
É isso que eu te peço, Senhor: a graça de ser."
P. José Tolentino Mendonça

terça-feira, 22 de julho de 2014

#1anoJMJRio...

Há um ano, por estes dias, as ruas do Rio de Janeiro fervilhavam com jovens do mundo inteiro...
As JMJ Rio 2013 (pre)encheram-me de VIDA, com pessoas especiais...

Da praia de Copacabana ao Cristo Redentor, da Favela do Alemão à Cinelândia, de Petrópolis ao Pão de Açúcar,da Barra da Tijuca ao Flamengo, do Bairro da Glória à Candelária, da escadaria da Lapa ao Estádio do Maracanã, do Arpoador ao Sambódromo, da caipirinha à agua de côco, do arroz com feijão ao sumo de açaí, da Catedral do Rio à Senhora da Aparecida... tudo isto e muito mais em 15 dias de alegria,Fé e esperança!


"...se queremos que ela (a vida) tenha realmente sentido e plenitude, como vocês mesmos desejam e merecem, digo a cada um e a cada uma de vocês: «bote fé» e a vida terá um sabor novo, terá uma bússola que indica a direção; «bote esperança» e todos os seus dias serão iluminados e o seu horizonte já não será escuro, mas luminoso; «bote amor» e a sua existência será como uma casa construída sobre a rocha, o seu caminho será alegre, porque encontrará muitos amigos que caminham com você. «Bote fé», «bote esperança», «bote amor»!..." 
Papa Francisco, na festa de acolhimento, na Praia de Copacabana, a 25 de Julho de 2014


segunda-feira, 21 de julho de 2014

ENFERMEIRA... HÁ 19 ANOS...

"A Enfermagem é uma arte; e para realizá-la como arte, requer uma devoção tão exclusiva, um preparo tão rigoroso, quanto a obra de qualquer pintor ou escultor; pois o que é tratar da tela morta ou do frio mármore comparado ao tratar do corpo vivo, o templo do espírito de Deus? É uma das artes; poder-se-ia dizer, a mais bela das artes!"
Florence Nightingale

Há 19 anos no Auditório da então Escola Superior de Enfermagem Dr. Ângelo da Fonseca, em Coimbra, rodeada de colegas, amigos e família, fazia o meu compromisso como ENFERMEIRA.

21 de Julho de 1995, ESEAF, Coimbra, madrinha Enfª Aida Mendes

É tão bom ser o que se quis ser...
É tão bom continuarmos a reencontrar-nos para celebrar, todos os anos o curso que fomos...
É tão bom cuidar no dia-a-dia, aqueles a quem servimos...
Hoje quero sentir o que é bom nisto de SER ENFERMEIRA... e é muito... e eu gosto... 


quarta-feira, 16 de julho de 2014

O SOL É GRANDE...

Dos dias de férias passados entre mar e areal, rio e relvado,amigos e família...

Praia da Costa Nova, manhãs de nevoeiro
Praia da Costa Nova, 2014
"O sol é grande, caem co'a calma as aves,
do tempo em tal sazão, que sói ser fria;
esta água que d'alto cai acordar-m'-ia
do sono não, mas de cuidados graves.

Ó cousas, todas vãs, todas mudaves,
qual é tal coração qu'em vós confia?
Passam os tempos vai dia trás dia,
incertos muito mais que ao vento as naves.

Eu vira já aqui sombras, vira flores,
vi tantas águas, vi tanta verdura,
as aves todas cantavam d'amores.

Tudo é seco e mudo; e, de mestura,
também mudando-m'eu fiz doutras cores:
e tudo o mais renova, isto é sem cura!"
Sá de Miranda (1481-1558)

Redonda, 2014

afilhada e padrinho...

Redonda, 2014

domingo, 13 de julho de 2014

SABE A FÉRIAS... SABE A VERÃO...

Sabe a férias e a Verão, cá dentro, no meu país, perto de casa, sob um céu deliciosamente azul...
Este céu azul hoje estendeu-se pela manhã no Porto da Várzea, perto de Campia e estendeu-se pela tarde ao longo das serras, com tempo para paragens reconfortantes no Cortez e em Macieira de Alcoba! 
Porto da Várzea, Cercosa, Vouzela, 2014
"O meu país sabe as amoras bravas
no verão.
Ninguém ignora que não é grande,
nem inteligente, nem elegante o meu país,
mas tem esta voz doce
de quem acorda cedo para cantar nas silvas.
Raramente falei do meu país, talvez
nem goste dele, mas quando um amigo
me traz amoras bravas
os seus muros parecem-me brancos,
reparo que também no meu país o céu é azul."
Sophia de Mello Breyner Andresen

Cortez, Talhadas, 2014
Cortez, Talhadas, 2014

Macieira de Alcoba, 2014
Macieira de Alcoba, 2014

terça-feira, 8 de julho de 2014

DE BRAÇOS ABERTOS...

PORQUE HÁ MÚSICAS E LETRAS QUE RESUMEM TUDO... 
Resumem sentimentos, emoções, pessoas, afectos, gestos, medos, Fé, equipa, alegrias... esta é uma delas... 
V FÉ'stival e CRISTOteca 2014 "De Braços Abertos"

"Da janela vês o mar e esta paz é tão maior
Como se parasse o tempo ao pé de nós
Como um sonho em que se vai feito de asas e de gente
Que se entrega a cantar numa só voz

Sabes que vou chegar de braços abertos
Sabes que vou chegar de braços abertos

Sou da terra de quem diz que a vida é uma canção de amor,
Que toda a gente vive o sonho que quiser
É voar e ser feliz, para dar e ser melhor
Sabes que vou chegar de braços abertos

Há uma terra que te espera, há um céu que aconteceu
E o sol queimando as pontas do amor
Há uma lua que se deita para deixar amanhecer
Aqui, anda, me traz ao calor.



Sabes que vou chegar de braços abertos
Sabes que vou chegar de braços abertos

Sou da terra de quem diz que a vida é uma canção de amor,
Que toda a gente vive e sonha o que quiser
Sou da terra da kisaca, da mulemba, do tambor
Sabes que vou chegar de braços abertos

Da janela vês o mar e esta paz é tão maior
Como se parasse o tempo ao pé de nós, fazer amigos, viajar
É o que nos faz sentir que a vida é melhor
Vou voar e voar

Sabes que vou chegar de braços abertos
Sabes que vou chegar de braços abertos"


Só posso abrir os braços para agradecer o tanto que recebi...
Os concorrentes deram corpo e alma a este FÉ'stival, os voluntários excederam-se face a todos os imprevistos, o clã 25 ASM e o Grupo de Jovens de Stª Joana deram uma ajuda preciosa, o júri foi verdadeiramente profissional e o público compareceu e apoiou os seus e todos os outros. 
Mas estiveram lá também os apresentadores, aqueles amigos com o abraço na hora certa, com o dinamismo e a criatividade vital para tornar uma noite familiar e bem forte.
Mas esteve sempre lá uma equipa avassaladora, esgotada no final, mas a conseguir erguer o que sonhou. Vocês são únicos, vocês são a "marca de Deus em Aveiro", acreditem... são o meu pilar e, em especial neste último mês, sem vocês não teria sido possível... Cada um ao seu jeito, como é, é especial... 
E estiveram lá os amigos que,longe, se fizeram perto... Vocês sabem que mesmo à distância são muito importantes...
"De braços abertos", para os fechar e vos abraçar a todos!